Penim Loureiro fez banda desenhada durante o curto período de tempo de 1979 a 84. Não obstante, a exiguidade deste percurso, destacou-se com uma múltipla produção de bandas desenhadas publicadas em fanzines como o Ritmo, Ruptura ou na Amargem, bem como em variados periódicos dos quais constituem exemplo o Sete, Tintin, Jornal da BD, Boletim do CPBD e a revista espanhola Un Fanzine Llamado Camello. Acabaria por abandonar esta atividade para dedicar-se ao ensino de Arquitetura e Desenho.

Após três décadas de interrupção, regressou em 2014 à narrativa gráfica com o álbum de BD semi-biográfico Cidade Suspensa, seguida da participação em Portugal 2055 (2015) e Reportagem Especial - Adaptação às Alterações Climáticas em Portugal (2016).

Pode ver, abaixo, algumas histórias de banda desenhada das quais apenas se mostra um pequeno conjunto de páginas selecionadas e esquiços feitos na sua elaboração.

cidade_suspensa_1.jpg
Ver galeria
pag73.jpg
Ver galeria

Reportagem Especial

2pag8.jpg
Ver galeria
aquamanil_5.jpg
Ver galeria

Aquamanil

piripiri_de_malagueta_7.jpg
Ver galeria

Piripiri de malagueta...

indicios_do_acaso_6.jpg
Ver galeria

Indícios do acaso

culpa_foi_do_anzol_4.jpg
Ver galeria

A culpa foi do anzol | Ritmo

img_bd_peixe.jpg
Ver galeria

A história do peixe pato

mundo_imaginario_2.jpg
Ver galeria

O mundo imaginário...| revista Tintin

morfologia_das_estruturas_4.jpg
Ver galeria

A morfologia das estruturas...