Penim Loureiro dedicou-se à banda desenhada de 1979 a 84. Não obstante a exiguidade deste percurso, destacou-se como um dos mais produtivos autores portugueses deste período, com histórias publicadas em fanzines como Ritmo, Ruptura, Boletim do CPBD, Amargem, em variados periódicos como o Se7e, Tintin, Jornal da BD e a revista espanhola Un Fanzine Llamado Camello.

Após ter concluído os estudos, na Faculdade de Arquitetura de Lisboa, decidiu dedicar-se exclusivamente à reabilitação arquitetónica, tendo realizado várias incursões no campo da arqueologia. Atualmente é professor no Instituto Politécnico de Lisboa. Depois de três décadas de interrupção, regressou em 2014 à narrativa gráfica com Cidade Suspensa.

Cidade Suspensa (Destaque)
cidade_suspensa
Cidade Suspensa (Destaque)
Argumento e texto: Penim | Polvo, 2014
A morfologia das estruturas...
morfologia_das_estruturas
A morfologia das estruturas...
Autor: Antonio Morais, Ilustrações: Penim | Edição do autor, 1997
A historia do peixe-pato
historia_do_peixe_pato
A historia do peixe-pato
Texto: Jorge de Sena, Desenho: Penim | Não Publicado
A culpa foi do anzol
culpa_foi_do_anzol
A culpa foi do anzol
Argumento e Desenho: Penim | Ritmo, nº36-42, 1985/86
Aquamanil
aquamanil
Aquamanil
Argumento e Desenho: Penim | Boletim CPBD, nº47, 1983

Indícios do acaso
indicios_do_acaso
Indícios do acaso
Desenho: Penim (Poema final: Mário de Sá Carneiro) | Boletim CPBD, nº44 1983 - Amargem, nº1, 1984 - Ritmo, nº26, 1984
Piripiri de malagueta...
piripiri_de_malagueta
Piripiri de malagueta...
BD conjunta: Penim, Nuno Raposo, César Lopes | Não publicado
O mundo imaginario...
mundo_imaginario
O mundo imaginario...
Argumento e Desenhos: Penim | Tintin, nº36, 14ºano, 1980